quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Shôr Silva Opina - Versão Porto


Conhecido como Shôr Silva, "O Zé da Arminda" ou "O Pilinhas" (embora não goste muito deste nome porque lhe faz lembrar o dia em que visitou Coimbra e acabou detido por atentado ao pudor), José Silva é um adepto fervoroso do Santa Comba da Vilariça, nome conhecido pelos tascos do norte lusitano e agricultor e pastor nas horas vagas. Ah, e agora, é colaborador do Duplo Pivot! A rubrica Shôr Silva Opina promete dar voz às opiniões futebolísticas do interior de Portugal. Aqui fica a primeira crónica:


Ponto 1- Shôr Silva diz

"Aqui em Jerusalém do Romeu não temos nada dessas modernices da Taça da Liga. Nem acho que nos venha a beneficiar aqui na terra. Senão reparem: anda tudo num alvoroço porque o Porto se atrasou uns minutos no jogo contra o Maríteme. Minutos??? Eu cá levanto-me às 6 da manhã para ir para o campo todos os dias. Os do Porto chegam quase às 10 da noite, hora de estar na caminha, e falam em minutos? Chegasse eu a casa às 10 da noite e tinha a Arminda e o rolo da massa à minha espera. E não era para cozinhar! Embora a minha Arminda cozinhe de madrugada. Diz o médico que é sonâmbula... Quanto mais chegar às 10 ao campo..."

Ponto 2- Shôr Silva pergunta

"Onde está o Ismailove?"

Ponto 3- Shôr Silva entrevista

"Consegui trazer aqui ao tasco o shôr Paulo Fonseca, treinador do Porto para três perguntinhas e um bagaçito. Uma vez que o Fonseca já se agarrou à garrafa do bagaço, vamos às perguntas:

     Antes de mais, e porque toda a gente se deve estar a perguntar neste momento, porque está agarrado à garrafa de bagaço?
     «O presidente prometeu-me ontem que não vendia mais nada que eu gostasse. Por isso agora agarro-me a tudo o que posso!»

    Muito bem, mas já me pode deslargar a perna, fáchabor. O shôr Paulo pode-me dar uma dica? Eu tenho 15 obeilhas lá em casa e quando as vou pastar elas parecem meio perdidas. Como posso colocá-las de maneira a que aproveitem da melhor maneira o pasto?
     «A primeira coisa que tem de fazer é colocar duas para formar o duplo pivot defensivo. Isso é essencial para que todas as outras se organizem no pasto. De resto, espere que a da frente comece a comer, que as outras vão logo atrás.»

     Obrigado! Por último, a minha Arminda tem andado um pouco esquisita: até já me ameaçou bater... Há alguma coisa que eu possa fazer?
     «Eu tinha esse problema ao início com o Josué quando fui para o Paços, mas ao que parece ele acalmou quando teve a filha.»

     Mas eu e a minha Arminda já temos sete filhas e mais uns 3 ou 4 rapazes...
     «Pois, mas não fui eu que tive a filha com o Josué...»

8 comentário(s):

BRILHA_SLB2 disse...

ahhahaha LIKE A BOSS :D

29 de janeiro de 2014 às 11:25
Pedro MFC disse...

Jotas és um deus dos artigos de opinião :D

29 de janeiro de 2014 às 15:16
Gongas R disse...

Artigo de...que? Opini#ao? ahhhhhhhhhhhhhhh, pois opiniao

ta serto

30 de janeiro de 2014 às 01:11
Gongas R disse...

grande artigo de opiniaum! na minha opiniaum se a arminda ameaçou bater so é mau dependendo de qual das cabeças era a visada

era isto

30 de janeiro de 2014 às 01:13
Shôr Silva disse...

A visada era a de cima. A de baixo deixou de ser a visada depois de um acontecimento em 1987 que a deixou 21% cega do olho esquerdo...

30 de janeiro de 2014 às 01:19
Gabriel JP disse...

Jotas a marcar mais um golaço com este post maravilha. Continua Jotas, grandes artigos! ;)

30 de janeiro de 2014 às 19:33
Anónimo disse...

xairaindes todoos maale

1 de fevereiro de 2014 às 14:52
nota artistica disse...

o mais melhor escrebidor ca do tasco, munta bô

2 de fevereiro de 2014 às 17:34

Enviar um comentário

 
DUPLO PIVOT | by TNB ©2010