quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A tática suícida de jesus


Jorge Jesus está no Benfica há 3 anos e alguns meses. Nesse tempo conquistou alguns títulos, mas foram mais os que perdeu do que os que venceu. Em termos táticos utilizou 3 esquemas diferentes ao longo do tempo, mas nunca o 4-3-3 de forma marcada - Para ele esse é esquema de equipa pequena.
 Esquece-se JJ( Jorge Jesus), que em 4-3-3 jogam Barça, Bayern de Munique e Chelsea; o Real Madrid utiliza um sub-sistema do mesmo com 4-2-3-1. Falamos somente dos 4 semi-finalistas da última Champions...
 JJ entrou no Benfica em 2009 após dizer que ia colocar a equipa a jogar o dobro do que jogava na época anterior, criando assim enorme expectativa nos adeptos encarnado. E os primeiros jogos logo na pré-época confirmaram e e até superaram essas expectativas conseguindo o Benfica praticar um futebol vistoso e eficaz.
O esquema que JJ opta por usar é o 4-1-3-2 onde o segundo avançado( Saviola) jogava no espaço entre linhas da equipa adversária e o médio direito( Ramires e esporadicamente Rúben Amorim) funcionava como principal apoio do médio defensivo (Javi Garcia) que mantinha uma posição de pivot estático. Mas, além disto existia outro pormenor que poucos repararam: David Luiz (central) subia frequentemente para a linha média colocando-se ao lado de Ramires e Javi criando uma linha de 3(chamemos-lhe trio maravilha) que na pressão alta utilizada pelo treinador sufocava os adversários não os deixando jogar. Di María com a sua explosão e Aimar com a sua magia serviam Cardozo na perfeição. Qualquer um deles sem grande preocupações defensivas.



Em 2010, JJ perde Ramires e Di Maria que são substituídos por Gaitán e Sálvio. Ora começam aqui os equívocos do "mestre da tática". Sálvio era avançado de vocação e por isso sem cultura tática defensiva e Gaitán, sendo muito bom tecnicamente, não tinha nem tem a capacidade de esticar o jogo que tem "Di Magia" preferindo a maior parte das vezes fugir para o centro e não dar profundidade ao flanco. Apesar de, em termos ofensivos um fabuloso Fábio Coentrão disfarçar isto, em termos defensivos a equipa perde equilíbrio e os golos sofridos quase duplicam.
A agravar  a situação, David Luiz sai em Janeiro para o Chelsea e o que restava do trio maravilha resume-se a Javi que se torna muito mais faltoso e muitas vezes incapaz de suster o meio campo adversário. Resultado? Título perdido em casa e uma época de quase finais.



Em 2011, JJ perde Coentrão e para o seu lugar entra um campeão do mundo( Capdevila) que não joga quase e um "tosco" Emerson que faz uma época sofrível  Para compensar, entra também um jovem Belga (Witsel) com uma cultura tática fabulosa, aliada a uma capacidade técnica invulgar num 8. JJ muda o sistema finalmente para 4-2-3-1 e o Benfica explode para a liderança isolada ao fim da primeira volta do campeonato.
Mas.... Eis que JJ resolve voltar ao seu 4-1-3-2 esquecendo-se que Witsel não pode ser ala porque lhe falta velocidade. Para piorar, opta em alguns jogos o treinador encarnado por usar um 4-4-2 em versão Inglesa, esquema que JJ antes tanto havia criticado. No fim, toda a vantagem perdida e o campeonato também.



Em 2012, JJ persiste nos mesmos esquemas e mesmos erros, descurando completamente os processos defensivos. É regular o Benfica sofrer golos ou, no mínimo, contra-ataques perigosos devido a péssima colocação tática na marcação de um canto a favor. Assim como é normal a equipa sofrer golos devido a um passe interceptado porque normalmente só ficam dois jogadores atrás da linha da bola. É a cultura do ataque tresloucado sem noções defensivas e sem qualquer capacidade para pausar o jogo temporizando cada momento mediante o adversário e/ou o resultado.

 O outrora excelente treinador do Belenenses, Sporting de Braga e SL Benfica desapareceu e no seu lugar parece encontrar-se um treinador bloqueado nas ideias que faz substituições aos 88 mins quando está a perder, um treinador que exibe uma arrogância digna do maior vencedor quando não ganha um jogo na Champions há 5 jogos e deve ser substituído no cargo o quanto antes. O que se lamenta, porque o seu potencial parecia enorme. Foi capaz de promover as individualidades, mas incapaz de as tornar um coletivo capaz de perdurar no tempo. 

O Benfica estará pronto a ganhar logo que contrate um treinador que promova um modelo de jogo equilibrado. Um treinador que mesmo não tendo o conhecimento do jogo de Jesus, seja capaz de aproveitar o que de bom foi feito, e corrigir o que de mau ainda se faz. 
Um treinador que olhe para os cerca de 45 jogadores que treinam no Seixal e perceba que André Almeida, Leandro Pimenta, Miguel Rosa, Rúben Pinto, André Gomes ou Cafu são todos médios.

10 comentário(s):

BRILHA_SLB2 disse...

resumindo, depois de ter sido campeão, só fez asneira, e com as suas teimosias perdemos campeonatos. já só falo do campeonato do ano passado, em que perde tendo 5 pontos de vantagem. este ano quero o campeonato e a taça. Aquele meio campo para manteiga.

25 de outubro de 2012 às 12:51
Redceltic disse...

falta saber se o primeiro ano foi saber ou pura sorte de ter os jogadores que tinha.

25 de outubro de 2012 às 12:56
BRILHA_SLB2 disse...

pois, se foi sabedoria, só durou 1 ano :(

25 de outubro de 2012 às 13:13
Anónimo disse...

ALGUEM ME TIRA O BAN??
APENAS DISSE EM MENSAGEM PRIVADA "SPORTING É UMA VERGONHA, A COMÉDIA DE PORTUGAL" AO SPORTINGLEE

A CENA É QUE ELE É UM AZIADO E NAO CURTE OUVIR AS VERDADES E BANIU ME FOREVER.

PEÇO À ADMINISTRAÇAO QUE ME RETIRE O BAN INJUSTO!!

25 de outubro de 2012 às 14:00
Anónimo disse...

Ja agora sou o tonidatasca LOL

25 de outubro de 2012 às 14:12
Anónimo disse...

um pouco à imagem dos holandeses, parte completamente a equipa e em contra-ataque muita vez apanhado com 2 jogadores que sao os centrais...

25 de outubro de 2012 às 15:05
CDCAugustus disse...

Outro dos graves problemas que aponto ao Jesus é o facto de utilizar quase sempre os mesmo jogadores em todas as competições, sendo que a equipa no final da época baixa imenso o rendimento além das lesões musculares.
Teve "sorte" com isso no 1o ano, ano em que foi campeão, mas pagou a factura no inicio do ano seguinte em que a equipa estava completamente cansada.

25 de outubro de 2012 às 16:02
Anónimo disse...

ganda artigo
opiniao mto pertinente k divia levar a uma analise profunda d kem manda

continuem assim

26 de outubro de 2012 às 00:48
Anónimo disse...

ora aqui esta um artigo muito interessante que mete em causa o treinador do benfica de forma legitima. para quem se diz mestre da tactica penso que essa alcunha passa completamente ao lado deste treinador que so se tem estragado com a fama. no belenenses nao era assim e rodava os jogadores

26 de outubro de 2012 às 01:10
al fahed disse...

polémico mas muito pertinente.

Continuem o bom trabalho!

26 de outubro de 2012 às 19:21

Enviar um comentário

 
DUPLO PIVOT | by TNB ©2010