quarta-feira, 10 de abril de 2013

Borussia de outro mundo - moda ou tradição?

O Dortmund ganhou uma nova vida com Jurgen Klopp, mas já na década de 90 deu cartas na Europa.
Atualmente, os alemães são um dos 8 melhores clubes de futebol do velho continente, estando apurados para  as meias finais da maior prova de clubes do mundo. Contudo, o histórico clube não se resume aos últimos dois anos da moda e nos anos 90, o nome do clube alemão saltou para o epicentro do futebol europeu, onde se sagrou inclusive campeão continental.


Ottmar Hitzield foi o grande responsável pelo sucesso do Borussia dos anos 90. Com uma inteligência táctica e técnica fora do normal, o treinador alemão conseguiu montar uma equipa à sua imagem , ou seja, sólida do ponto de vista defensivo e mortal em termos ofensivos. 
Este Dortmund tinha como principal pilar defensivo o líbero Matthias Sammer que viria a tornar-se uma referência no futebol mundial e no ataque podia contar com Zorc, Riedle e Chapuisat, que eram apoiados por Moller. 
Paulo Sousa também tinha um papel fundamental nesta equipa. Um médio muito completo que enchia o campo todo por aliar grande cultura táctica e capacidade incomum de desarme a visão de jogo brutal e que viveu os melhores momentos da sua carreira recheada de títulos neste clube. 
Uma equipa montada em 5-2-1-2 com boa consistência defensiva e um ataque feroz e rápido  Um sistema de 3 defesas quando em posse com laterais que desciam para a sua área quando em processo defensivo, dois médios em duplo pivot, um número 10 à alemã e dois avançados centro, um mais fixo e um que jogava no apoio e caía nas alas sempre em busca do espaço vazio.
Era uma equipa que não dava espaço aos adversários e que punha a qualidade individual ao serviço do colectivo tornando-se difícil de bater.
Após, o crescimento acentuado do conjunto, a glória surgiria a 28 de Maio de 1997 em Munique, cidade do seu maior rival e à custa do, até esse dia, campeão europeu Juventus (com jogadores como Zidane e Del Piero nas suas fileiras) que era também nesta fase, o maior papão do futebol mundial. Não o foi nesse dia e com golos de Riedle(2) e Ricken, venceu por 3-1 la vecchia signora tornando-se o novo campeão europeu e equipa mais temida da Europa!
No fim do ano, em Tóquio, já sem o seu treinador mentor, venceram também a Taça Intercontinental!








1 comentário(s):

Anónimo disse...

Hi there mates, its great article regarding tutoringand fully explained, keep it up all
the time.

My web page ... huntington beach water damage

1 de maio de 2013 às 11:39

Enviar um comentário

 
DUPLO PIVOT | by TNB ©2010