terça-feira, 2 de abril de 2013

O GIGANTE de Milão!


Há uns dias atrás ouvi afirmarem que «Totti é o melhor jogador de sempre da Serie A». Um espírito de revolta invadiu-me quase que por imediato, sei que os anos passam e com eles as memórias do passado são por vezes quase que apagadas, mas os mesmo que idolatram Totti (e com razão) e o consideram o melhor de sempre, não se podem esquecer daquele que foi o verdadeiro GIGANTE italiano...

A carreira...

Ano de 1977, Franco Baresi ingressa no AC Milan, todos estavam longe de compreender a importância que aquele miúdo teria nos próximos 25 anos. Dono de uma calma assustadora, nunca foi expulso com um cartão vermelho directo em toda a sua carreira. Mas mais do que a sua calma o que espantava o mundo era a inteligência, a capacidade de ler o jogo, de entender as movimentações, de saber quando e onde devia aparecer. Era mais do que um líbero, era o pêndulo da equipa, comandante supremo de uma equipa onde pontificavam Gullit e Van Basten. Mas Baresi não se limitava a comandar a equipa, também ele tinha de «dar o exemplo» e não por raras vezes quando as partidas se complicavam era ele que assumia a responsabilidade e atravessava todo o capo para ajudar nas tarefas ofensivas, dizem ainda hoje que Baresi foi o primeiro box to box pois corria de área a área para ajudar em qualquer posição a qualquer momento.


Baresi conduziu o Milan a noites de glória eternas que ainda hoje perduram nas memórias de muitos que ocupam os lugares do San Siro em dia de jogo, venceu três Taças dos Campeões e seis Series A, mas a maior mágoa que guarda da sua carreira foi a ausência da final da Taça dos Campeões em 1994 frente ao Barcelona por se encontrar lesionado. Ainda assim, o Milan acabaria por a vencer e Baresi carregou a Taça até San Siro.



A carreira internacional de Baresi iniciou-se em 1982 e culminou na final de do Mundial de 1994 onde esteve presente como capitão da selecção italiana. Era a verdadeira referência da Azzura e durante esse mundial foi operado a um joelho, mas acaba por conseguir regressar a tempo de capitanear a selecção na final da competição.



Apenas realizou um jogo durante a competição e a sua participação ficou marcada pelo penalti falhado. Um conhecido comentador italiano terá afirmando nesse momento que se «o calmo Baresi falhou o primeiro, a Itália não vai ganhar o mundial».

1 comentário(s):

Anónimo disse...

Deviam rever os artigos antes de os postar ;)

2 de abril de 2013 às 15:29

Enviar um comentário

 
DUPLO PIVOT | by TNB ©2010